Atendimento 24horas
62-99189-6916 62-98467-5737

Governo anuncia pedágio em rodovias goianas, e população critica

Governo anuncia pedágio em rodovias goianas, e população critica
0 Flares 0 Flares ×

O objetivo é economizar R$ 40 milhões por ano com a manutenção rodovias. Motoristas dizem que vias estão conservadas e não precisam de pedágio.

O Governo de Goiás vai terceirizar cerca de 600 km de rodovias estaduais. A medida é criticada por moradores que vivem nos perímetros urbanos dessas estradas e por  motoristas. A expectativa é que comece a ser cobrado pedágio nos trechos a partir de 2018. O objeito é economizar quase R$ 40 milhões por ano com manutenção.

O vencedor da licitação será o concorrente que oferecer a menor tarifa para os usuários das vias. Provavelmente haverão praças de pedágio a cada 50 KM, Os trechos são: GO-020 entre Goiânia e Cristianópolis, podendo ser extendido até Catalão; GO-080 entre Goiânia e São Francisco de Goiás; GO-070 entre Goiânia e cidade de Goiás; GO-060 entre Goiânia e São Luís de Montes Belos; GO-213 entre Morrinhos e Caldas Novas.

O presidente da AGETOP  Jayme Rincón afirma que a terceirização das rodovias vai ser benéfica para todos. “No mundo todo as rodovias são pedagiadas. Isso garante uma melhora substancial na qualidade do serviço prestado, garantia de guincho, telefone, atendimento aos motoristas feito pela empresa, além de uma maior agilidade na manutenção”.

A verdade é que continuaremos pagando o IPVA, e agora iremos pagar pedágio em rodovias estaduais para que seja feita a manutenção da via, e o governo acaba por economizar milhões com manutenções, jogando essa conta nas costas de quem já está cansado de pagar tantos tributos, na população, principalmente para os que vivem na região metropolitana e trabalham na capital.

A cobrança está prevista para o ano de 2018.

Fonte: G1

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×